#RELEMBRE: ENTREVISTA COM TIMO TOLKKI, MISS K. E JARI

quarta-feira, maio 29, 2013
Feita por um jornalista amigo da banda. Publicada originalmente no Site Oficial do Stratovarius.
Tradução: Rafael Carnovale

ENTREVISTADOR - A nova formação do Stratovarius foi anunciada quinta-feira (15/01/2004) e surpreendeu mídia e fãs. Como vocês sentiram a reação do público?

TIMO TOLKKI / É surpreendente. Recebi mais de 20 emails aonde minha vida pessoal foi atingida diretamente. Não sei se todo esse ódio é bom para mim e Miss K, que acaba de se juntar a banda.

MISS K / Bom, eu não ligo. É minha carreira e vejo como um divertido ponto de vista. Sou uma performer. Fui convidada por Tolkki para etntrar na banda após conversamrmos muito sobre vida, música e diversos assuntos. As demos que prepararmos são realmente muito boas. Fora isso, entrei na banda porque eu contactei Tolkki, após saber da saída de Kotipelto. Vi a chance e agora estou aqui, queiram ou não!

JARI / Não sei de nada. Passei todo o fim de semana bebendo Jack Daniels e a única reação que tive foram os vômitos nas manhãs seguintes.

ENTREVISTADOR - Humm, entendo. Espero que você esteja melhor.

TIMO TOLKKI / Eu me assusto com todo o ódio que foi gerado pelas mudanças que ocorreram na banda. Parece que vou ser crucificado pelos fãs, a quem sempre dei grandes músicas, shows, entrevistas e muitas coisas. E ainda dizem que não os respeito! Eles que não me respeitam! Só porque viram um pouco de sangue (nas fotos acima, e foi sangue mesmo) já entram em pânico.

ENTREVISTADOR - Miss K, como você se sente nessa foto com esse banho de sangue e porque está mostrando o dedão?

MISS K / Eu gosto de sangue! Elizabeth Bathory banhava-se no sangue de virgens inocentes, acho que vou tentar isso no futuro!!! Eu como bebês no café da manhã (risos). Brincadeira. O dedo não é dirigido a ninguém, você já viu o filme "Kill Bill" de Quentin Tarantino?

ENTREVISTADOR - Não. Jari, o que você acha dessas fotos?

JARI / Não vi as fotos. Estava ocupadíssimo andando de mountain-bike no meu apartamento. Por sinal tive um ataque de pânico ao andar no parque.

ENTREVISTADOR - Timo Tolkki, você está bebendo vodka direto da garrafa enquanto conversamos, porque faz isso?

TIMO TOLKKI / Toda esta violência mostra que a humanidade não aprendeu nada com o passado. Se uma simples banda gera tanta agressividade, o que realmente importa? Se alguém ainda se pergunta porque temos tantos conflitos armados no mundo, vejam a agressividade gerada pelos fãs do Stratovarius. Por isso estou bebendo desta maneira.

ENTREVISTADOR - Você ainda está fazendo terapia?

TIMO TOLKKI / Eu parei, mas creio que terei que retornar, inclusive voltar a tomar antidepressivos. Esta situação vai fazer com que toda a banda comece a se tratar. Ouvi dizer que existem ótimos terapeutas especializados em grupos de rock na Europa. Além disso estou sendo processado em 1,5 milhões de dólares pela Sanctuary (atual gravadora da banda). Estou num período muito difícil.

ENTREVISTADOR - Você disse que seu pai se matou quando você tinha 12 anos. Já consegue lidar bem com tal fato hoje?

TIMO TOLKKI / Não é da sua conta idiota. Porque comentar sobre isso? Nunca superarei tal fato. Quando seu pai corta os pulsos com giletes e salta do quarto andar de um prédio na mira de seus olhos isso não o marcará para a vida toda?

ENTREVISTADOR - Me perdoe pela pergunta. Desculpe Timo.

TIMO TOLKKI / Ok, sem problemas. Vocês jornalistas só querem vender seus veículos. Eu os conheço, Eu os conheço....

ENTREVISTADOR - Miss K e Jari, o que vocês acham das novas músicas da banda?

MISS K / Estamos ensaiando músicas antigas que Tolkki selecionou cuidadosamente. Com meu estilo posso cantar qualquer música, como "Father Time". Não trabalhei muito ainda com o novo material, porque Tolkki está com um processo diferente de composição. Ele não mostra as músicas até que estejam prontas. Só ouvi alguns "riffs". Mas acho que já começaram a gravá-las.

JARI / Eu nunca ensaio, pois sou excelente baixista. Vocês sabiam disso? Além do mais tenho coisas mais importantes a fazer do que tocar, como andar de moutain-bike e beber Jack Daniels. Tenho uma bicicleta de 25000 dólares, e é maravilhosa.

ENTREVISTADOR - Entendo. Miss K, sua performance vocal em seu antigo grupo foi muito criticada pelos fãs do Stratovarius. Fale sobre tal fato.

MISS K / Eu entendo. Essas músicas foram escritas há vários anos e eu vivia dizendo ao guitarrista que estavam totalmente fora do meu estilo. Idiota. Ele não entende nada. Era apenas um cara na banda.

TIMO TOLKKI / Eu nunca baseei minha escolha pelo que ouvi do material antigo de Miss K. As músicas eram horríveis. Só convidei-a a entrar na banda depois de conversarmos muito sobre vida, música e ensaiarmos juntos. Aí vi que ela tem uma excelente performance e vai surpreender a todos. Seu potencial estava indo para o lixo, e agora ele será mostrado.

ENTREVISTADOR - Podemos esperar um Nightwish Parte 2?

TIMO TOLKKI / E por causa disso que as coisas soam nebulosas para os fãs. As novas músicas não têm nada a ver com isso? Acha que eu sou estúpido?

ENTREVISTADOR - (Neste ponto precisei interromper a entrevista, porquê Timo estava tão bêbado que mal conseguia falar. Ele foi retirado da sala por seus assistentes e aproveitei para conversar mais com Miss K). Miss K, o que você pensa sobre Timo Tolkki?

MISS K / Ele é um cavalheiro. Ele me ouve, entende meus medos e preocupações (sim, me assusto ás vezes) e é um grande cara. Ele precisa da terapia porque seu pai se matou e isso o afeta diretamente. Mas é um cara legal, que tem mais de 600 livros e lê muito. Além de tudo é cara super calmo. Ele tem problemas com álcool, de fato. Ele me disse que na verdade o álcool que tem problemas com ele. Seu senso de humor é sensacional. Humor negro na verdade. Muitas pessoas ás vezes interpretam ao pé da letra o que ele diz, mas não entendem que é apenas seu jeito bem humorado.

ENTREVISTADOR - (Tolkki volta e parece de fato totalmente sóbrio!!!)

TIMO TOLKKI / Tenho estes ataques ás vezes, desculpe. Tenho ficado bêbado muito rapidamente e sóbrio muito rapidamente também, ás vezes.

ENTREVISTADOR - Entendo. Quer deixar uma última mensagem para os fãs do Stratovarius?

TIMO TOLKKI / Lembrem-se que compus todas as músicas do STRATOVARIUS, "Paradise", "Hunting High and Low", "Black Diamond" e muitas. Compus até as linhas vocais. Kotipelto só aparecia com algumas letras,e mesmo quando ele aparecia com os títulos, as músicas eram minhas. Se vocês não entendem minhas decisões, não comprem nada. Nunca comprem algo que não gostam. Não consigo entender toda a violência gerada pela mudança na formação. É nas horas difíceis que você conhece seus verdadeiros amigos. E no fim do dia amigos, é apenas uma banda de ROCK!!

ENTREVISTADOR - Obrigado Timo, Miss K e Jari.

Fonte: Whiplash

COMPARTILHE!

Site dedicado ao Stratovarius

Relacionados

Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »