TIMO TOLKKI AVALON: THE LAND OF NEW HOPE

quinta-feira, abril 25, 2013

Você passa anos à espera de um álbum de Symphonic Power Metal de qualidade e adivinhem? Dois chegam quase simultaneamente. Tão quente, ainda nos saltos do novo álbum do Avantasia (e excelente) vem aí o projeto Timo Tolkki Avalon com o The Land Of New Hope.

O elenco, como sempre para esses projetos, é estelar com vocais oriundos de Michael Kiske (Unisonic/ex-Helloween), Elize Ryd (Amaranthe), Rob Rock (Impellitteri), Russell Allen (Symphony X/Mob Adrenalin), Sharon Den Adel (Within Temptation) e Tony Kakko (Sonata Arctica). O teclados são de Jens Johansson (Stratovarius), Derek Sherinian (Black Country Communion/Dream Theater) e Mikko Harkin (Sonata Arctica), enquanto a bateria é por conta de Alex Holzwarth (Rhapsody Of Fire). Isso deixa a guitarra e o baixo como deveres a serem tratados exclusivamente pelo próprio Tolkki, Ex-líder do Stratovarius, provou mais uma vez que ele superou, em grande estilo, os problemas de saúde que levaram à saída de sua antiga banda.

Conceitualmente The Land Of New Hope é a primeira parte de uma trilogia que conta a história da busca de (como o título sugere) uma terra com nova esperança, num apocalíptico pós 2055. Não é muito complexa, a história realmente se move em ritmo acelerado, com várias peças e personagens explorados no que poderia ser descrito como um conto de fadas futurista de metal sinfônico. Fundamentalmente, a música é a verdadeira força motriz, que pulsa de forma positiva, com poder e bravura, ao ser oferecido um aspecto mais suave pelos excelentes vocais ‘’metálicos’’ de Elize Ryd do Amaranthe.
Esta é uma moça capaz de adicionar emoção real à sua volta, embora ela também possua mais que o suficiente para igualar e até criar alguns dos momentos de maior destaque no álbum. Para ela, seria demais acreditar que, mesmo lançada frente a Kiske, Sharon Den Adel, Rock and Allen, ela sai como um dos pontos focais verdadeiros do que Tolkki criou aqui.

Stratovarius são pontos de referência óbvios, mas também são Avantastia, Rhapsody Of Fire ou mesmo Unisonic, com a mistura de Symphony e Power. Pode-se tocar bases fortes com todas essas bandas e outras, embora não sigam nenhuma regra. Avalon do TT sugere e oferece algo novo e seria exigir bastante de alguma forma.

Se Tolkki, permitir que seus convidados tenham espaço para brilhar intensamente e não for tímido em tomar o centro do palco, com seu impressionante trabalho na guitarra. Eu iria longe para sugerir que alguns dos solos produzidos aqui não são nada menos do que excelentes. Para alguns, os aspectos de The Land of New Hope talvez esteja muito perto das suas influências para realmente convencer.

No entanto puramente com a força de algumas grandes canções (especialmente a rápida "To The Edge Of The Earth" e a faixa-título adequadamente lenta ) performances cintilantes, The Land of New Hope será um lugar em que Symphonic Metallers de boa vontade vão se juntar em busca de descobertas. As partes II e III devem ser muito interessantes também!

Track Listing
1. Avalanche Anthem
2. A World Without Us
3. Enshrined in My Memory
4. In the Name of the Rose
5. We Will Find a Way
6. Shine
7. The Magic of the Night
8. To the Edge of the Earth
9. I'll Sing You Home
10. The Land of New Hope

Tradução: Daiane Aguilär

COMPARTILHE!

Site dedicado ao Stratovarius

Relacionados

Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »